domingo, 8 de janeiro de 2012

paraguai compras

Cruzar a fronteira com mercadorias deve ficar mais fácil. Desde domingo, 1º, a Declaração de Bagagem Acompanhada (DBA) para compras dentro da cota de 300 dólares não precisa mais ser feita. A isenção foi autorizada pela Receita Federal, que antes exigia o preenchimento do documento para qualquer valor adquirido no exterior.

Agora, o consumidor com até 300 dólares em produtos, por exemplo, do Paraguai ou da Argentina, tende a cruzar as pontes da Amizade e Tancredo Neves mais rápido. Ele não precisará perder tempo nas filas para comprovar a legalidade dos itens.

Entretanto, isso não quer dizer que a Receita deixará de fiscalizar as bagagens. A nova lei também não exclui o cadastro dos passageiros na “taxa de isenção”, que só é concedida uma vez a cada mês.

Fronteiras terrestres – Na Aduana entre o Paraguai e Brasil, onde a cota é de 300 dólares (o equivalente a 580 reais), a medida vai facilitar na diminuição das filas. Caso o valor das mercadorias ultrapasse esse valor, o viajante deverá pagar o imposto de importação.

Transporte aéreo ou marítimo – No caso de viajantes que vão deixar ou chegar ao país via aérea ou marítima, bagagem acompanhada abaixo de 500 dólares não precisa ser declarada (perto de 965 reais). A Receita calcula que isso vai desafogar o fluxo de passageiros nos aeroportos, já que 90% dos viajantes não ultrapassam a cota.

Para ver a instrução normativa completa, clique aqui.

Previsões para 2013 – Para o ano que vem, a tendência é facilitar ainda mais a vida dos passageiros. O secretário da Receita Federal do Brasil, Carlos Alberto Barreto, informou que em 2013 as bagagens poderão ser declaradas via aparelhos móveis (celulares e/ou tablets).

sábado, 9 de abril de 2011

No Paraguay tem até vaselina Pacú

é isso aí amigos, vá ao paraguay e ganhe uma Vaselina Pacú, isso que é Marketing Direto !

quinta-feira, 10 de março de 2011

Matrix - Shopping del Este - Cuidado


Como sempre....todo turista se ferra, nunca deixe de analisar antes de comprar, mesmo com anos de estrada, entrei na loja Matrix no Shopping del Este, como muito se fala sobre a seriedade deste shopping, comprei uma máquina Nikon Coolpix L110, maior latada, paguei quase mil reais, o vendedor, chamado Hamudi me enganou certinho, na Ponto Frio (Brasil) você compra pela metade do preço, com garantia e dividida em 12 pagamentos....ainda por cima, me entregou uma máquina a pilha, sendo que eu queria com bateria.

Veja um trecho de um outro Blog, que fala sobre essa loja:

Ei gente vmos acordar a "SONY VAIO" mudou de nome agora se chama "MATRIX", e eles estão no SOHPING DEL LESTE também!!!! Vamos abrir os olhos!!!! Essa "MATRIX" é a maior furada do PARAGUAI! Eu vim de Brasulia pela CVC e me mataram num not SONY, o vendedor JOSINALDO(Vulgo JOJÓ), me enganou! E eles são tão burros que na loja da AMERICANA no pacote deles ainda está escrito "sony vaio". Eu conversei com o dono HOUSAN e ele me contou o maior "H", dise que mudou o nome da loja pois não conseguiu registrar o nome "sony vaio" então preferiu mudar para "MATRIX"! Mas gente! Foi só pra continuar enganando agora com outro nome... ou como diria seu creison, "-Agora com ékio!"


***Obs: Enviado por E-MAIL a nossa redação***

segunda-feira, 7 de março de 2011

Puerto Iguazu - Argentina


Fomos na bela e pacata Puerto Iguazu, a cidade cresceu muito, ganhou muitas lojas e restaurantes, gostei de ver, tomei um delicioso sorvete na Grido, minha esposa comprou um belíssimo sobre-tudo de couro por R$ 280,00 e enquanto a vendedora passava o meu cartão um "cliente" gatuno roubou a mercadoria, claro que eles nos deram outra e a loja ficou com o prejuizo.
Jantamos um belo Chorizo com papa frita e uma salada vagabunda, com tomate murcho....
Eu conheci a tal feirinha (foto) que acontece por lá. gostei, vale a pena !
Na noite seguinte, voltei a esta bela cidade e jantei no La Rueda http://www.larueda1975.com/ , recomendo, é um lugar belíssimo, e com a comida muito gostosa.